26/08/2019 01:31

DEPOIMENTO DE CABRAL NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA TRAZ APREENSÃO ENTRE POLÍTICOS E EMPRESÁRIOS DO RIO

imagem

O novo interrogatório de Sérgio Cabral na 7ª Vara Federal Criminal, do juiz Marcelo Bretas, ficou para a próxima sexta-feira. Há enorme expectativa, entre políticos e empresários, a respeito do conteúdo desta nova delação de caráter informal prometida pelo ex-governador. Deputados estaduais e alguns empresários que mantiveram relacionamento próximo a Cabral, durante os anos em que ele comandou o Palácio Guanabara, estão apreensivos porque, como disse um empresário que preferiu não se identificar, o governador era pródigo em favores, a maioria dos quais, sabe-se agora, de origem escusa.

O ex-governador vai responder a perguntas sobre os crimes investigados na Operação Ponto Final, aquela que levou à prisão de Jacob Barata Filho.
Como revelara Lauro Jardim de O GLOBO, Cabral já envolveu em seu depoimentos a Fundação Getútlio Vargas - mais precisamente o setor da entidade que presta consultorias.
Em depoimento dado na semana passada a integrantes do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral detalhou alguns rolos entre essa área da FGV e o governo que comandou.

'